Insira o seu e-mail e receba todas as actualizações do FORCADO AMADOR

António Alfacinha: "despedir-me das arenas nos 125 anos do Campo pequeno ainda traz mais responsabilidade"

"Despedir-me dos aficionados de Lisboa, na temporada em que o Campo Pequeno comemora 125 anos e com um cartel de figuras como é este, representa um desafio da maior responsabilidade para todos nós", refere a António Alfacinha, que agradece à empresa a inclusão dos Amadores de Évora neste cartaz.

Antecipando os seus sentimentos relativamente à corrida de dia 18, António Alfacinha diz que "esta será uma noite muito especial, fruto da excelente ligação mantida com a praça ao longo dos últimos anos e de grandes noites de toiros aqui vividas".

Apesar das boas recordações que tem desta praça, lembrou a colhida que aqui sofreu a 28 de Julho de 2016 e lamenta "não ter conseguido nessa ocasião consumar aquilo que todo o forcado deseja ao saltar a trincheira: pegar e com brilho".

Para António Alfacinha, a Praça de Toiros do Campo Pequeno tem um imenso significado. Para si e para todos os aficionados. Refere que, desde miúdo, a viu como "um espaço reservado a grandes artistas" e que sempre sonhou "pisar tão emblemática arena" e conclui: "Tem para qualquer artista um enorme significado pisar esta arena!"

Sente-se plenamente realizado com a sua carreira de forcado e considera-a muito positiva, recordando que, entrou para o grupo sendo "um miúdo, com um grupo de amigos e, ao fim de dez épocas tive o prazer de chegar a cabo desta instituição que tanto admiro e respeito. Hoje, das coisas de que mais me orgulho, é ter chefiado este grupo de amigos".

Sobre a competição nesta corrida com o Grupo e Forcados Amadores de Lisboa afirma que "o grupo de Évora está sempre em competição saudável com todos os que têm um papel importante na arte de pegar toiros. E como tal, tratando-se do grupo de Lisboa, sendo um dos mais antigos no activo e com maiores pergaminhos, é sempre um prazer actuarmos juntos e, mais ainda, sendo na sua terra e perante um público tão exigente como é o do Campo Pequeno".

E formula um desejo: "Espero que ninguém se lesione, que seja uma grande noite de toiros, com um bom curro, grandes lides e pegas fantásticas a divertir o público".

O cartel desta corrida, na qual se comemoram os 125 anos do Real Club Tauromáquico Português, é composto pelo Rejoneador espanhol Pablo Hermoso de Mendoza, os cavaleiros portugueses João Moura Júnior e seu irmão Miguel Moura, competindo as pegas aos grupos de forcados amadores de Lisboa e de Évora, capitaneados respectivamente por Pedro Maria Gomes e António Alfacinha. Serão lidados seis poderosos toiros de António Charrua.

0 comentários:

Enviar um comentário

ATENÇÃO: NÃO SE ACEITAM COMENTÁRIOS ANÓNIMOS

ATENÇÃO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução dos conteúdos sem autorização. Se desejar alguma fotografia ou informação contacte: geral.forcadoamador@gmail.com.

FORCADO AMADOR © 2014 All rights reserved.

NOTICIAS

Clique na imagem e aceda aos últimos vídeos!

Visite a Loja On- Line

Visite a Loja On- Line
________________________________________________________________________________________________________