REPORTAGEM EM DESTAQUE

Movimento a Favor da Festa dos Toiros na Póvoa de Varzim Esteve no Campo Pequeno

 
Movimento a Favor da Festa dos Toiros na Póvoa de Varzim
 
  Fomos mesmo ao Campo Pequeno
 
            Fomos e estivemos na Corrida de Gala televisionada que foi transmitida na passada quinta -feira, dia 11, no Canal 1 da RTP, a partir do Campo Pequeno. 
No dia em que o projeto ‘Tauromaquia para Todos’, pelo segundo ano, com o seu Projecto, a PróToiro – Federação Portuguesa de Tauromaquia, vence o Orçamento Participativo, este Movimento a Favor da Festa dos Toiros na Póvoa de Varzim, esteve  presente, através de mais de sete dezenas de aficionados Campo Pequeno. Grupo que marcou presença nas bancadas, destacando que a Póvoa de Varzim, tem, como sempre teve, aficionados poveiros, gente que levou à Festa dos Toiros, momentos de marcante destaque. A criação da sua Praça de Touros, foi a concretização de um anseio de Poveiros, um testemunho dos que gostam da Festa dos Toiros, um orgulho no Norte, que agora, à sucapa, querem transformar em coisa para enganar.
É dessa viagem que nos levou da Póvoa de Varzim que aqui damos testemunho, enviando duas fotos desse momento, e das quais, como noticia, esperamos mereça a devida divulgação.
Agora, e de momento, foi esta viagem ao Campo Pequeno, mas muito em breve esperamos poder dar noticia de outras iniciativas.
Com os nossos melhores cumprimentos
Contacto - 914646200
Póvoa de Varzim, 12 de Outubro de 2018
                                                                                                Pelo M.F.F.T.Pvz
                                                                                                Rui Porto Maia
 
 
 

Ler mais »

X Festival Taurino de Beneficência em Vila Boim


Ler mais »

Albufeira por Jorge Sampaio

 
RETA FINAL NOS ESPETACULOS EM ALBUFEIRA
Já vai longa a temporada no tourodromo algarvio, nesta recta final e como todos os anos acontece, o empresário Fernando Santos, dá opurtunidade aos mais novos e, no espetaculo desta sexta feira foi reconhecido por este facto, numa cingela mas sentida homenagem por parte do cavaleiro Marco Santos e do seu apoderado Antonio Pedro, com a entrega de uma lembrança no centro da arena, na presença de todos os intervenientes no inicio das variedades taurinas.
Em praça estiveram os cavaleiros amadores Antonio Mendonça, Marco Santos e Antonio Milheiro frente a três rezes da Ganadaria Sesmarias Velhas de Fernando Santos, mais complicada a ultima. Nas pegas estiveram os forcados da Tertulia do Montijo, que sem complicações mostraram a arte de pegar toiros, por intermédio de Valter Gouveia à primeira, João Teixeira ao segundo intento e Antonio Gomes à primeira.
Este espectáculo teve a direcção de Agostinho Borges, asseçurado pelo Drº Carlos Santana, com a embolação e ferragem a cargo da equipa de Bruno Lopes.
Jorge H. Sampaio
 
 




















Ler mais »

EM VILA FRANCA É O FORCADO QUEM MANDA - por Vitor Morais Besugo

Vitor Morais Besugo
A noite de 9 de outubro levou até à Palha Blanco milhares de aficionados que esgotaram a tradicional "TERÇA-FEIRA NOCTURNA". 
Muitos foram para assistir ao "duelo" ibérico entre Telles e Ventura, mas esta noite é afamada por ser de EXALTAÇÃO AO FORCADO VILAFRANQUENSE, e voltou a ser, com o publico a mostrar imenso respeito pelo Grupo de Vila Franca.


Antes do inicio do espectáculo a Câmara Municipal de Vila Franca prestou uma singela homenagem ao cabo que se despedia, Ricardo Castelo e ao seu sucessor, Vasco Pereira.

Abriu praça o ainda cabo Ricardo Castelo, que escolheu o primeiro "Prudêncio" da noite para se despedir das arenas, e fez aquilo a que nos habituou ao longo de 20 anos como FORCADO (Cuba, 5 de setembro de 1998) e de 8 anos como cabo, sem vaidades, eficiente a executar na perfeição todos os momentos da pega. Bem ajudado nas “primeiras” pelo Emanuel Matos e com o grupo a mostrar logo na primeira pega o porquê de ser um dos melhores grupos a “ajudar” os toiros. Nota ainda para o reaparecimento nesta noite especial para João Pedro Bento “Petróleo” que esteve nas “terceiras”. Antes Ricardo Castelo brindou ao seu Grupo e à sua mulher "para quem agora tem mais tempo".

De seguida passou a responsabilidade do comando do grupo de Vila Franca a Vasco Pereira que assim se tornou o 18.º cabo do Grupo fundado por Joaquim Franco em 1932.

Vasco Pereira foi para a cara do segundo “Prudêncio”, o mais complicado da noite. Não sendo o seu tipo de toiro, não quis deixar para outro este momento. Sempre valente a não virar a cara a um toiro que saía solto, bruto e a investir pelo chão. Concretizou à 4.ª tentativa com o grupo a meter o “coiro” e o seu irmão José Francisco nas “primeiras”. Antes brindou à mãe, ao irmão e aos “Céus” onde o seu pai “Mané” Pereira estará orgulhoso dos seus herdeiros de vida e de jaqueta.

Seguiu-se para o terceiro da ordem, o primeiro “Palha”, Francisco Faria, numa pega que muito fez lembrar o seu pai Jorge Faria, simples e eficaz, pois quando se sabe o que se está a fazer tudo se torna fácil. Boa “segunda” de João Maria Santos.

O segundo “Palha” e quarto da ordem teve pela frente David Moreira, que mostrou ter uns braços de ferro ao conseguir ficar na cara do toiro, fechado à córnea, a aguentar os violentos derrotes do “Palha. Novamente bem o grupo a ajudar junto a tábuas.

Márcio Francisco bateu as palmas ao primeiro “Guiomar”. Brindou a Vasco Dotti, por “representar a geração de ouro dos Amadores de Vila Franca” ao que acrescento “GERAÇÃO DE OURO DA FORCADAGEM PORTUGUESA”, (quem não se lembra da corrida do Centenário do Campo Pequeno onde se pegaram “Infantes da Câmara”). Na primeira tentativa “defendeu-se” com o joelho direito o que provocou momentos de aflição, com o Forcado a mostrar estar maltratado, mas Márcio Francisco tem-nos habituado ao longo de 12 anos de carreira que é dos FORCADOS que não vira a cara à luta. Levantou-se, bebeu água, molhou a testa e foi novamente para a cara do toiro, desta vez determinado a não voltar mais nenhuma vez. Pisou terrenos de compromisso, “sacou-se” e fechado à córnea consumou mais uma grande pega eficazmente ajudada.

A fechar a corrida saltou tábuas à frente do grupo Rui Godinho, que brindou ao cabo que o fez Forcado, Pedro Castelo. Bateu Palmas ainda nos tércios, com o “Guiomar” a sair de largo e franco. Alegrou no momento certo, fechou-se também à córnea e o grupo completou a pega.

Nota para o Forcado Carlos Silva que rabejou com mestria os seis toiros da noite.

Depois de mais uma noite em que se EXALTOU A FIGURA DO FORCADO E A JAQUETA AS RAMAGENS, deixo a incompreensão por não ver o GRUPO DE FORCADOS AMADORES DE VILA FRANCA DE XIRA com mais contratos para corridas, principalmente por praças alentejanas.

Obrigado ao empresário Ricardo Levesinho por proporcionar uma noite destas aos aficionados. Valeu a pena fazer 400km em autocarro com mais 40 aficionados de Beringel, porque ... VILA FRANCA É DIFERENTE. 

Vitor Morais Besugo


Ler mais »

REPORTAGEM FOTOGRÁFICA DA NOITE DE EXALTAÇÃO AO FORCADO VILAFRANQUENSE






















































Ler mais »

Insira o seu e-mail e receba todas as actualizações do FORCADO AMADOR

ATENÇÃO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução dos conteúdos sem autorização. Se desejar alguma fotografia ou informação contacte: geral.forcadoamador@gmail.com.

FORCADO AMADOR © 2014 All rights reserved.